Go toLog in Go toSign up

Ser cristão no Paquistão

Postado por Júlio Marcos Mattos Ometto em

Localizado no sul asiático, tem por capital a cidade de Islamabad. O país possui uma democracia parlamentar, e os líderes políticos têm adicionado cada vez mais padrões com valores islâmicos em sua cultura. Vale salientar que o Norte do Paquistão serve de refúgio para membros de grupos extremistas islâmicos, provindos principalmente do Afeganistão.

Todos os cristãos são considerados cidadãos de segunda classe naquele país. Sendo assim, eles sofrem extrema perseguição – principalmente aqueles que se converteram do islã. A perseguição se manifesta em disponibilizar apenas empregos inferiores em condições precárias, podendo até chegar ao ponto de trabalhos forçados. E por mais que possam existir cristãos na classe média, geralmente, eles sofrem discriminação no local de trabalho. Os “templos” destinados aos cristãos existem, no entanto, os que se dedicam ativamente ao evangelismo, sofrem severa perseguição por parte da sociedade. Infelizmente, quando falamos sobre as meninas cristãs, essas correm elevado risco de sequestro e abuso sexual, e até mesmo, de serem forçadas a se casarem com os agressores e a se converterem ao islã. Deve-se salientar que em algumas situações, os grupos extremistas islâmicos chegam a atacar e até mesmo matar os cristãos. 

Os tipos de perseguição que geralmente ocorrem são paranoia ditatorial, opressão islâmica, hostilidade etno-religiosa, corrupção e crime organizado.

Os perseguidores geralmente fazem parte de grupos radicais, entretanto, em um contexto geral, fazem parte desta categoria os oficiais do governo, grupos religiosos violentos, líderes religiosos não cristãos, parentes, quadrilhas, líderes de grupos étnicos, redes criminosas e outros.

Seguem alguns trechos de uma carta enviada pelos irmãos em Karachi:

“Agradecemos tanto a vocês na Alemanha, como também aos irmãos nos EUA que nos enviaram um valor muito útil. Nós, os salvos de Karachi, somos muito agradecidos por esse suporte financeiro destinado às nossas necessidades básicas.Com essa ajuda, pudemos adquirir cobertores para 15 famílias realmente pobres e necessitadas. Além de ser possível comprar pacotes de alimentos para mais de 28 famílias. Recebemos isso como uma expressão de amor durante esta pandemia. Louvamos ao Senhor por Suas bênçãos e Sua bondade.”

 “Louvai ao Senhor. Louvai ao Senhor, porque Ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre.”

Salmo 106:1

 Que possamos, portanto, estar orando, para que os cristãos no Paquistão tenham sabedoria e coragem de falar sobre a pessoa do Senhor Jesus Cristo. Muitos ataques terroristas ocorrem principalmente em datas como o Natal e a Páscoa. Que o Deus Vivo e Verdadeiro esteja protegendo os Seus ali, conforme a sua vontade! Oremos quanto às famílias que sofrem perseguição, às jovens mulheres, para que Deus dê forças a cada um deles, consolando em amor. E rogamos, para que Deus possa prover meios de auxiliar a essas famílias quanto às suas necessidades básicas.

Com abraços de sua equipe DLC.

 


Compartilhe esta postagem



← Postagem anterior Postagem seguinte →


0 comentários

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados.